top of page
  • Foto do escritorASCOM

Lideranças Indígenas e PPDDH unem forças em defesa do Vale do Javari

19/06/2024




Reunião aborda desafios e iniciativas das e dos defensores para proteção dos territórios indígenas e combate à exploração ilegal de recursos na Amazônia



A Coordenação Geral do PPDDH, no âmbito do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC), e a Coordenação Técnica da Equipe Federal e Regionalizada do Programa de Proteção aos Defensores/as de Direitos Humanos, Comunicadores e Ambientalistas (PPDDH) se reuniram com representantes da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (UNIVAJA), na primeira semana de junho, em Brasília-DF. O encontro teve como objetivo realizar o acompanhamento continuado dos casos pelo Programa de Proteção e discutir ações e estratégias de apoio e segurança às e aos defensores de direitos humanos que atuam na região do Vale do Javari, no Amazonas.


Os lideres indígenas, Cristóvão Negreiros, Manoel Barbosa e Higson Dias relataram a Igo Martini, Coordenador Geral do PPDDH, vinculado ao MDHC e à Equipe Técnica do PPDDH, vinculada ao Vida e Juventude, os desafios enfrentados pela UNIVAJA e parceiros no combate à exploração ilegal dos recursos naturais da região e nas ações de segurança do território dos povos indígenas isolados. Foram discutidas articulações com órgãos públicos e organizações parceiras, além de ações como treinamento e uso de tecnologias para aprimorar o monitoramento, a comunicação e a rede de proteção dos defensores da região.



Jornada em Memória do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Philipis



As lideranças indígenas e as representantes da EF/PPDDH - Vida e Juventude participaram da Jornada em Memória do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, assassinados em 2022 durante uma expedição ao Vale do Javari, a segunda maior Terra Indígena do Brasil. Ambos eram reconhecidos pela luta em defesa da Amazônia e dos povos indígenas.


A jornada contou com a presença de representantes do governo, da sociedade civil e da família de Bruno e Dom. Houve uma mesa redonda sobre "A memória do indigenismo no Vale do Javari a partir da luta dos defensores de direitos humanos, comunicadores e ambientalistas" e a exibição do documentário “Vale dos Isolados: O Assassinato de Bruno e Dom”, dirigido pela jornalista Sônia Bridi. As atividades foram encerradas com um ato que contou com a presença de autoridades e representantes da sociedade civil ligados aos ambientalistas e comunicadores.



Clique aqui e conheça o trabalho da UNIJAVA.



Assessoria de Comunicação (ASCOM)

Vida e Juventude

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page